Aprenda a apostar online com o nosso guia

Apostar com odds baixas ou altas? O que é melhor?

Vamos voltar a 24 de Outubro de 2018:  o Liverpool, futuro campeão, joga em casa pela Champions League contra o Estrela Vermelha de Belgrado, equipa que há muito não sabe o que é brilhar na Europa do futebol.

As odds para a vitória do Liverpool são de 1.05, ou seja, por cada 100 euros apostados no Liverpool, recebe apenas 5€ em caso de acerto.

Já o Estrela Vermelha paga umas enormes odds de 35.00 pela vitória, ou seja, a mesma aposta de 100 euros renderia nada menos do que 3400€  de lucro em caso de acerto.

Por outras palavras, o mesmo valor de aposta no Liverpool renderia 680 vezes mais, se apostado no Estrela Vermelha.

 

E agora perguntamos: é melhor apostar no Liverpool ou no Estrela Vermelha?

A resposta a esta pergunta não é sim nem é não, é “depende de vários fatores”.

Neste texto queremos que fique de uma vez por todas esclarecido sobre as várias teorias que existem sobre apostar em grandes favoritos ou em grandes outsiders, e começamos logo pelas conclusões: nenhuma das coisas é vantajosa em relação à outra.

 

Lembre-se que matematicamente não existe vantagem em apostar sempre com odds muito altas ou muito baixas, já que a longo prazo ambas têm tendência a produzir os mesmos resultados.

 

Grandes favoritos ou grandes outsiders?

 

 

Há vários tipos de apostadores, entre eles destacamos essencialmente dois grupos: um que acredita que ao apostar em resultados muito prováveis, ou seja, com odds muito baixas, estão a fazer a melhor escolha, e um outro grupo que apenas aposta em outsiders com grandes odds, na esperança de obter um grande retorno.

O primeiro grupo é o que inclui mais pessoas, pois somos tentados a escolher os favoritos como prováveis vencedores.

Por exemplo, se o Benfica jogasse em casa contra o Moreirense e o Porto contra o Tondela, em quais destas equipas teria tendência em apostar?  Na vitória do Porto e Benfica, ou nos outsiders?

Mas ainda que os favoritos vençam na maior parte das vezes, não são necessariamente boas apostas.

Vamos utilizar um exemplo prático para prová-lo: Imagine um saco com 4 bolas vermelhas e apenas uma preta. A probabilidade de tirar à sorte uma bola vermelha é de 80%. Já a chance de tirar a preta é de apenas 20%.

As odds justas para este evento seriam de 1.25 para a saída da bola vermelha (80% de probabilidade implícita) e de 5.00 (20% de probabilidade) para a saída da preta.

 

Dica: para converter rapidamente probabilidade em odds, divida 1 pelo valor decimal correspondente à percentagem.

Por exemplo, 80% equivale a 0,80

1 / 0.80 = 1.25

Similarmente, 20% em decimais corresponde a 0.20

1 / 0.20 = 5.00 

 

Somos tentados a pensar que se apostarmos sempre na vermelha, acabaremos por ganhar dinheiro, pois a chance disso ocorrer é de 80% para cada aposta.

Por outro lado, as odds são apenas de 1.25, e como vamos mostrar, é preciso uma grande quantidade de acertos para que o investimento tenha retorno.

Por exemplo, imagine esta sequência de 10 apostas na vermelha com odds de 1.25:

 

  • Nas primeiras 8 apostas, sai sempre a bola vermelha. O lucro é de 2,5€ em cada aposta, ou seja, ganhamos ao todo 20€.
  • Nas 2 últimas apostas, sai a preta. Perdemos 20€.
  • Resultado final: não ganhamos nem perdemos nada.

 

A questão é então puramente matemática: Se a casa de apostas oferecesse odds de 1.25 / 5.00 para este sorteio, não ganharia nem perderia nada a longo prazo, já que haveria 80% de vermelhas e 20% de pretas sorteadas. Quanto mais sorteios, mais este número se torna exato.

O que acontece na realidade é que o site nunca oferecerá odds de 1.25 / 5.00, mas sim um valor abaixo, por exemplo 1.20 / 4.00.  É com isto que o site lucra. É a chamada margem da casa.

 

Em um evento com probabilidades exatas (como é o caso do sorteio da bola) é virtualmente impossível ganhar dinheiro a longo prazo se a casa tiver uma margem de lucro, por muito pequena que seja.

 

Por outro lado, nas apostas desportivas não é impossivel. É apenas muito difícil.

Isto porque um evento desportivo não tem probabilidades exatas, e encontrar odds adequadas a um jogo é uma tarefa humana, que como tal está sujeita a erros.

Assim, a única forma de ganhar dinheiro a apostar em odds baixas (e também altas) é encontrar jogos em que as odds parecem desajustadas à realidade das probabilidades.

Em outras palavras, é ser melhor a definir probabilidades do que as pessoas que trabalham para a casa de apostas.

No exemplo das bolas vermelhas e pretas, se a casa oferecesse 1.30 para a saída da vermelha, seria um excelente negócio. Isto porque, mesmo que perdesse algumas jogadas iniciais, a longo prazo teria lucro garantido, já que o site estaria a pagar odds superiores à verdadeira probabilidade do resultado.

Similarmente, se a casa de apostas pagar odds melhores do que a verdadeira probabilidade em um jogo de futebol, a longo prazo os apostadores que escolherem esses jogos terão lucro.

 

Aposte sempre com as melhores odds

 

Um exemplo: Se o Benfica jogar em casa contra o Tondela, qual será a probabilidade de vitória? Acha que são 70%? Ou talvez 80%? Ou mesmo 90%, quem sabe? Como já mostramos no caso das bolas, 80% de probabilidade correspondem a odds justas de 1.25.

E se a casa de apostas, nesse jogo do Benfica, pagasse odds de 1.66 para a vitória da equipa da casa? Não acha que seria bom negócio apostar? 1.66 em odds correspondem a cerca de 60% de probabilidade. Parece-nos óbvio que neste caso em particular, a chance do Benfica é bem maior do que 60%, e como tal as odds deveriam ser bem menores do que 1.66.

Com isto não queremos dizer que se apostar neste jogo vai ganhar dinheiro, até porque o Benfica pode perder, ainda que tenha chances muito grandes de ganhar. Queremos sim dizer que se apostar com odds maiores do que a realidade das probabilidades, a longo prazo vai ganhar dinheiro.

Por outro lado, se a casa oferecesse odds de 1.05, seria um mau negócio, já que nesse caso a probabilidade implícita do Benfica ganhar seria de cerca de 95%, o que nos parece algo desajustado, ou por outras palavras, as odds são menores do que as odds justas para o evento.

 

Até pode ganhar dinheiro durante algum tempo se apostar em odds que favorecem à casa, mas no futuro, se continuar com o mesmo tipo de aposta, vai inevitavelmente perder tudo.

 

Já falamos em odds curtas, mas e então os grandes outsiders? Aqueles que nos convidam a colocar apenas 1 ou 2 euros numa aposta e obter um lucro gigantesco?

Deve conhecer alguém que aposta sempre neste tipo de equipas, com a esperança de que um dia ganha um valor elevado para compensar todas as vezes em que perdeu.

Vamos então usar novamente o exemplo do sorteio das bolas, mas desta vez imaginar um saco que contém 19 bolas vermelhas e apenas uma preta.

A probabilidade de saída aleatória da bola preta é de apenas 5%, o que equivale, segundo a fórmula que mostramos mais acima, a odds justas de 20.00

Mas como já dissemos, a casa nunca ofereceria odds de 20.00 para a preta, pois nesse caso não ganharia nada. Vamos imaginar que para este evento a casa oferece odds de 17.00

Simulando uma sequência de 20 apostas seguidas de 10 euros na saída da preta, em que nas primeiras 19 perdemos e na última ganhamos, temos:

 

  • 19 apostas seguidas perdedoras: perdemos 10€ x 19 = 190€
  • 1 aposta vencedora: 10€ x 17.00 = 170€ de ganhos
  • saldo final: prejuízo de 20€

 

Sabemos que o exemplo acima serve perfeitamente para exemplificar o que acontece na realidade, já que estatisticamente saem 19 vermelhas e uma preta a cada 20 sorteios. Quantos mais sorteios, mais este número se torna exato.

Ou seja, no caso acima, se casa oferecesse odds de 17.00, perderíamos em média 20 euros a cada 20 apostas. Até poderíamos ter sorte e ganhar 3 ou 4 vezes seguidas na preta, mas a longo prazo a estatística não perdoa.

Já deve ter concluído que, assim como no caso das odds muito curtas, também no caso dos outsiders o que conta é a qualidade das odds em relação às probabilidades.

 

Também no caso dos outsiders, ainda que ganhe grandes quantias a cada aposta vencedora, nunca terá lucro a longo prazo se as odds forem inferiores à verdadeira probabilidade.

 

Conclusões finais

 

Há diversos relatos de pessoas que parecem ter encontrado a fórmula para ganhar dinheiro a apostar, mas a esmagadora maioria não passa de uma sequência de resultados felizes, que se irá dissipar ao longo do tempo.

A única forma de ganhar algum dinheiro com apostas desportivas é encontrar constantemente odds desajustadas à verdadeira probabilidade do evento.

É indiferente colocar apostas em favoritos ou outsiders, já que a estatística prova que ao longo do tempo não consegue ter lucro a apostar, se as odds não forem adequadas. 

É perfeitamente possível, no entanto, ter lucro em um período limitado de tempo. Uma semana, um mês, ou até mesmo um ano, dependendo do número de apostas que faça. 

Mas é certo que se continuar a apostar em jogos onde as odds estão ajustadas às probabilidades, e onde ainda por cima há uma margem de lucro da casa, nuncá conseguirá ganhar de forma sustentável.

 

Ganhe bónus e apostas grátis exclusivos

Ganhe bónus e apostas grátis exclusivos

Subscreva a nossa mailing list e receba ofertas em primeira mão

Não enviamos Spam nem fornecemos os seus dados a outras empresas.

Consulte a nossa Política de Privacidade

Subscreveu a nossa mailing list. Obrigado!